quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Unity nega planos para vender a companhia

A Unity, responsável pelo motor de jogo com o mesmo nome conhecido pela sua versatilidade, negou o rumor de que há planos para vender a companhia.

O CNET avançou com o rumor na semana passada, mas só ontem é que Joachim Ante, co-fundador e atual CTO, negou a notícia no fórum oficial.

"Sempre quisemos criar um motor de jogo que fosse acessível para toda a gente - dar aos consumidores igual oportunidade para desenvolver grandes jogos e competir com os maiores da indústria", disse Joachim Ante. "Por outras palavras, democratizar o desenvolvimento de jogos".

"As outras companhias repararam agora no nosso papel na indústria dos videojogos. Hoje temos parcerias e colaborações com muitas delas. Estas parcerias permitiram-nos tornar o motor ainda melhor para vocês. Por exemplo, oferecer acesso a ainda mais plataformas no Unity sem custos adicionais. Algumas vezes, quando falámos com os nossos parceiros, surgem discussões sobre uma aquisição".

"A nossa resposta sempre foi que a Unity está melhor como uma companhia independente. Isto tem sido verdade nos passados 10 anos, e continua igual hoje."

"Para resumir: Não temos planos para vender o Unity".

Fonte: Eurogamer.pt
http://www.eurogamer.pt/articles/2014-10-14-unity-nega-planos-para-vender-a-companhia